Bruno Pompeu | Fit Media

Escala de View Interesting

Pensando nisso criamos uma escala que estamos chamando de Escala de ViewIntresting e de como ela vai funcionar.

É uma escala de 0 -10 que vai do cruzamento do Viewability com Viewtime, fazendo com que nossas campanhas tenham sempre um KPI sempre considerável na construção do brand e da conversão atribuída, estruturando uma reflexão sobre as taxas e como a tecnologia também pode ser complementar ao entendimento do dado.

A mudança no waterfall da mídia programática

Na programática onde o processo de venda e compra do espaços pode levar um pouco mais que os 100 mile segundos, o usuário nõa sentirá a diferença com o header bidding que pode fazer esta impressão chegar a 2 mile segundos, o que para o publisher pode aumentar a rentabilidade do em até 30%, além disso tudo, ainda para o publisher pode trazer uma curva de aprendizado e determine parceiros de maior receita, promovendo uma mudança na relação publisher / SSP.

Engajamento vs CPM

Engajamento vs CPM

O “Índice de Preferência da Marca”, não deve ser considerado como atributo na linha de conversão, mesmo que fosse uma linha crescente, pois este fator que poucos medem, diz com mais relevância qual a chance do internauta clicar no banner, mostrar interesse, gerar um lead ou até realizar uma compra, usando o mesmo raciocínio, se considerarmos neste papel os meios digitais, não podemos considerar um melhor que o outro, precisamos apenas compreender que os momentos do internauta são diferentes

Crise no meio Digital, ops, só no YouTube

Crise no meio Digital, ops, só no YouTube

Vamos ao algoritmos que distribui publicidade onde o dono do canal aceita, tem grande audiência de todo o tipo de publico e gera receita para o youtuber, para o Google, e visibilidade para o anunciante, não a nada de errado nisso, mas assim como nenhuma marca tem vontade de ser vinculada a conteúdo adulto, apostas, não tem vontade nem de ser vinculada, muito menos de patrocinar ou gerar receitas para algum grupo extremista.